Secretário Geral de Governo comparece na sessão desta segunda-feira

por Equipe Imprensa publicado 06/11/2018 08h58, última modificação 06/11/2018 08h58

Ocorreu na manhã desta segunda-feira (5), sessão ordinária do parlamento municipal de Sant'Ana do Livramento. Não havendo ordem do dia, foi feita a leitura do expediente pelo Secretário Antônio Zenoir.

Votado pelos parlamentares, antes do início do grande expediente, o Secretario Geral de Governo Enrique Civeira, compareceu à Casa Legislativa para manifestar esclarecimentos sobre a denúncia feita na tribuna pelo Vereador Carlos Nilo na última sessão ordinária.

O secretário elencou motivos que, segundo ele, desclassificam juridicamente a empresa vencedora do processo de contratação, alegando não ter havido irregularidades no mesmo.

Logo após o termino da explanação do secretário, deu se início ao grande expediente. O foco principal do grande expediente acabou o tema denunciado pelo parlamentar Carlos Nilo e os esclarecimentos feitos pelo Secretário Enrique Civeira.

Sendo o vereador Leandro Lula Ferreira o primeiro a usar a tribuna, manifestou-se em relação à situação do convênio feito entre estado e município para o transporte escolar.

Lídio Mendes Melado, em relação ao caso da denuncia citada na sessão, disse estar de acordo com o colega Carlos Nilo, pedindo apuração dos fatos. “É preciso trazer os fatos e as provas para debatermos aqui, mas também é preciso ouvir as duas partes, essa é a nossa velha democracia. Devemos respeitar esta casa”, salienta o vereador.

Marco Monteiro também parabenizou a denúncia feita pelo colega vereador Carlos Nilo. "As denuncias possuem o viés de expor uma irregularidade que poderia estar acontecendo, se houve crimes, essas pessoas devem ser afastadas do governo e punidas”, ressaltou o parlamentar.

Maria Helena Alves Duarte subiu à tribuna para manifestar-se em relação ao mesmo assunto.
“Toda ação causa uma reação. Temos no secretariado pessoas corretíssimas, não se pode acusar e exigir que nenhuma reação daqueles que se sentiram ofendidos não ocorra. Eu pergunto. Quer dizer que esse contrato com essa empresa inexistente fosse assinado, então não haveria denuncia?” alegou a vereadora.

Mauricio Galo Del Fabro comentou que é de suma importância existir posicionamentos concretos na política e parabenizou ao Secretário Geral de Governo Enrique Civeira por comparecer ao Plenário Municipal pela explanação. "A politica em cima do muro cai. O vereador Nilo fez a sua obrigação. Logo após receber esta denuncia encaminhou ao ministério público. Largou um míssil lá na prefeitura e estão todos estilhaçados, esta é a verdade" disse Galo.

Antônio Zenoir, finalizando o grande expediente, salientou que “vamos viver um momento drástico na situação politica e administrativa do nosso município. A comunidade santanense está abalada. Não tomarei nenhum lado, até que o Ministério Público se manifeste”, declarou o vereador.

Nas comunicações pessoais, Aquiles Pires, Itacir Soares e Dagberto Lula Reis parabenizaram o colega Carlos Nilo, e quem perde com toda esta situação é a população.
Carlos Nilo usou tribuna para manifestar-se: “não estou feliz em fazer esta denuncia, pois ninguém ganha, as coisas não estão andando. Mas é preciso fazer pois é meu papel como vereador. A verdade precisa vir a tona e chega de corrupção nesta cidade” declarou Nilo.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.