Resumo da sessão ordinária do 26 de novembro de 2019.

por Gilmar Ayres Silveira Nunes publicado 27/11/2019 08h20, última modificação 29/11/2019 13h02
Entrega de Votos de Congratulações a Policiais Federais, leitura do expediente,Voto de Pesar proposto pelo falecimento em serviço de Policial Militar, proposta de protesto contra as medidas do atual Governo estadual, aprovação de Moção de Apoio à EMATER - RS/ASCAR e aprovação Moção de Repúdio pela revogação dos parágrafos 2º e 3º do art. 22 da Constituição do Estado do Rio Grande do Sul fizeram parte da sessão desta terça-feira.
Resumo da sessão ordinária  do  26 de novembro de 2019.

Homenageados recebem placas na sala do plenario

Nesta terça-feira (26) no Plenário Presidente João Goulart ocorreu mais uma Sessão Ordinária da atual Legislatura santanense.

Na oportunidade foram entregues Votos de Congratulações aos Policiais Federais Paulo Cezar Silva Villagran, Renato Serpa Rodrigues e Ramon Gonçalves Consoli. Os votos foram propostos pelo vereador Marco Monteiro reconhecendo seus serviços prestados à comunidade santanense.

Depois do ato solene, foi lido o Expediente pela 2° Secretária Márcia da Rosa e apreciadas as seguintes matérias: Voto de pesar proposto pelo vereador Germano Camacho pelo falecimento em serviço da Policial Militar Marciele Renata dos Santos Alves, ocorrido no último dia 25 de novembro, segunda-feira. Logo após a solicitação do vereador Germano Camacho, foi proposto pelo vereador Marco Monteiro, um requerimento para em memória da soldado Marciele Renata do Santos a bandeira do Estado do Rio Grande do Sul permaneça a meio mastro em sinal de luto.


Aprovado por maioria, a proposta feita pelo vereador Leandro Ferreira para em protesto contra as medidas do atual Governo de Eduardo Leite, a bandeira do Estado do Rio Grande do Sul fique por três dias à meio mastro em sinal “de luto”.

Aprovada por unanimidade uma Moção de Apoio à EMATER - RS/ASCAR, diante da eventual possibilidade de que esse importante órgão venha a ser atingido pelas medidas de adequação administrativo-financeira propostas e anunciadas pelo Governo do Estado. A proposta foi realizada pela Mesa Diretora da Câmara Municipal de Livramento.

 

E aprovada também uma Moção de Repúdio pela revogação dos parágrafos 2º e 3º do art. 22 da Constituição do Estado do Rio Grande do Sul, por meio da PEC 280/2019, da proponente vereadora Maria Helena Alves Duarte.

Não havendo mais nada a tratar a sessão foi encerrada dando inicio a reunião das comissões.


Acesso a outro site:
Para assistir a sessão inteira no site do Facebook clique no endereço a seguir:

https://www.facebook.com/camaradelivramento/videos/755619821516128/