Resumo da sessão ordinária da quarta-feira 09 de outubro.

por Gilmar Ayres Silveira Nunes publicado 11/10/2019 08h18, última modificação 11/10/2019 08h18
Os vereadores em discursos variados realizaram comentários e manifestaram-se sobre os temas de interesse do município.

Nesta última quarta-feira (09), sendo a última Sessão Ordinária desta semana, os vereadores usaram o espaço da Tribuna para comentar e manifestar suas colocações sobre os temas de interesse do município.

No grande expediente, o primeiro a fazer uso da palavra foi o vereador Dagberto Reis que fez uma breve apresentação do material sobre a Usina de Asfalto de Sant'Ana do Livramento. Dagberto apresentou números e informações demonstrando sua defesa da utilização da Usina de Asfalto para resolver os problemas de infraestrutura do município, que segundo o vereador está há 33 meses, desde o início do atual governo do prefeito Solimar "Ico" Charopen, abandonada. "Esse é o resultado do Patrimônio Público sendo depreciado", declarou Dagberto Reis.
O vereador apresentou a primeira parte do seu material e irá continuar a apresentação na próxima quarta-feira, 16.

Logo após, o vereador Antonio Zenoir manifestou seu descontentamento referente ao atual governador do Estado Eduardo Leite, sobre suas ações de parcelar os salários de servidores públicos. O parlamentar reprovou o feito e declarou estar ao lado dos servidores que se sentiram prejudicados.

O vereador Itacir Soares comentou sobre a agenda feita com o Secretário Geral de Governo Enrique Civeira, em relação ao encaminhamento final da agroindústria do Cerro dos Munhoz. De acordo com o vereador, apenas está faltando a assinatura do Prefeito Municipal para adquirir um crédito especial para essa licitação.

O vereador Aquiles Pires fez o uso da Tribuna, apresentando uma denúncia em relação a uma visita que fez no prédio do antigo SENAI. Aquiles comentou que estava fiscalizando as condições do local que pegou fogo, onde atualmente abriga algumas Secretarias do Município, e se deparou com uma quantidade de roupas estocadas. O parlamentar questionou o motivo da situação dessas roupas.
“Não entendemos qual a dificuldade que o Executivo tem de fazer a doação para as famílias carentes ou entidades beneficentes, sendo que muitas pessoas carentes estão necessitando de ajuda”, comentou Aquiles Pires.

A vereadora Maria Helena Alves Duarte, líder do governo, esclareceu que as roupas citadas, em sua maioria foram trazidas por ela através de doações e são entregues conforme as demandas, assim como também utilizadas pela “Loja Ação Solidária” distribuindo em todos os bairros necessitados.

O Presidente do Legislativo Mauricio “Galo” Del Fabro frisou a economia feita pelo Poder Legislativo que já chega aos R$ 1,2 mi para auxiliar o Governo Executivo com as diversas demandas do município. O vereador Galo também declarou que não vendo efetividade por parte do Prefeito Municipal Solimar “Ico” Charopen, em relação aos números economizados, deixará de apoiar o atual governo.

O vereador Ulberto Navarro “Garrão” no uso da palavra, comentou que continuará apoiando o Prefeito Municipal e criticou a forma como é feita a economia por parte do Presidente Mauricio Galo Del Fabro, que segundo ele, a Casa Legislativa ainda possui problemas estruturais nos gabinetes.

Referente à Ordem do Dia, foi aprovado, por unanimidade, o Projeto de Lei Nº 112/2019, que autoriza a abertura de crédito especial no valor de R$ 921.338,58 - DAE.

Assista na íntegra: https://www.facebook.com/camaradelivramento/videos/2423092591262021/