Diretora da Escola Abreu Fialho faz uso da tribuna popular

por Equipe Imprensa publicado 03/10/2018 08h36, última modificação 03/10/2018 08h36
Carmem usou o espaço para expor as demandas da escola.

Nesta terça-feira (02), ocorreu mais uma sessão ordinária nas dependências da Câmara Municipal, não havendo ordem do dia, foi feita a leitura do expediente pelo secretário conforme o regimento.

A tribuna popular foi solicitada pela diretora da Escola Municipal de Ensino Fundamental Doutor Abreu Fialho, localizada no bairro Santa Rosa, a Sra. Carmem Solange Moreira, expondo suas reivindicações referentes à escola.
Carmem comenta não estar satisfeita com a terceirização da educação no município, e como é feito o processo de contratação realizado pela empresa OSCIP, alegando a falta de funcionários na escola.
Outro ponto citado pela diretora é a ausência de alguns materiais escolares, alimentos e de limpeza. Não havendo o retorno da verba federal, sendo a última recebida no ano de 2014, a escola arrecada fundos com a elaboração de projetos e tambem busca a contenção de algumas despesas. Por último, a Sra. Carmem solicitou aos parlamentares que fiscalizem a distribuição de recursos feita pelo município, para que se torne uma distribuição mais igualitária a todas as escolas.

Os vereadores explanaram suas colocações, manifestando que o governo municipal precisa ter mais responsabilidade e interesse com a educação, e que os impasses citados são pela falta de gerenciamento e definição de prioridades. Além disso, os parlamentares irão reunir-se com o prefeito municipal para buscar um retorno em relação às demandas.

Logo após o termino da tribuna popular, a representante da escola Abreu Fialho agradeceu o espaço cedido, e os vereadores reuniram-se para tratar de suas respectivas comissões, reuniões realizadas como de praxe às terças-feiras.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.